Silva Palmeira

Serigrafia de Silva Palmeira, Luz de Rio

 

Título: Luz do Rio

Técnica: Serigrafia

Dimensões: 59 x 74,2 cm

Ano: 2006

Edição: 200 exemplares assinados e numerados

Referência: SP0001

P.V.P.: 450 € (c/ Passepartout)

Serigrafia de Silva Palmeira, Monsanto, https://static.wixstatic.com/media/a76fd

 

Título: Monasnto

Técnica: Serigrafia

Dimensões: 52 x 43,5 cm

Ano: 2004

Edição: 200 exemplares assinados e numerados

Referência: SP0003

P.V.P.: 395 € (c/ Passepartout)

Sobre Silva Palmeira

Fotografia de Silva Palmeira

1934: Nascido em Santarém, Silva Palmeira inicia a sua atividade artística como pintor em 1948, na área da cerâmica, altura em que estuda desenho e pintura com Ramos Ribeiro.

Realiza a primeira exposição em Goa e a primeira exposição individual será em 1963, no Salão de Turismo de Santarém.

 

1977: Cria os primeiros cartões para tapeçaria e forma, em conjunto com outros dois artistas, o grupo G.I.P.

1997: Recebe, em Paris, a Medalha de Prata Mériteet Dévouemant Français e, no ano seguinte, a Medalha de Bronze Arts-Sciences-Lettres.

Está representado em coleções nacionais e internacionais, nomeadamente, nos Estados Unidos da América, França, Bélgica, Itália, Suíça, Canadá, Japão, Alemanha, Holanda, Noruega, Escócia e Inglaterra. Em Portugal, destacam-se as coleções do Governo Civil de Évora e Santarém, Comissão Municipal de Turismo da Nazaré, Museu de Angra do Heroísmo - Região Autónoma dos Açores, Galeria Sesimbra do Hotel Ritz. Lisboa, Academia de Artes de Montecatini. Itália, Galeria Portimão. Algarve, Museu Municipal Escultor Martins Correia. Golegã, Companhia de Seguros GAN. Lisboa, Imprensa Regional da Madeira. Funchal, Museu de Arte Moderna, da Caixa Geral de Depósitos. Lisboa, GalerieHerouet. Paris, Centro Português de Serigrafia com obra gráfica e Coleção Montepio Geral.

 

A sua obra, tendencialmente paisagista, contém uma visível componente ilustrativa, traduzível por figuras construídas em planos geométricos, cores planas, contornos bem definidos e contrastes de luz/sombra que se alternam abruptamente.

Se está à procura de arte ligada a cidades,poderá também achar interessante os trabalhos de Rosarinho Reis, Maluda, Molina e Guilherme Parente.