Rico Sequeira

Rico Sequeira_Fernando Pessoa.jpeg

DISPONÍVEL:

 

Técnica: Serigrafia

Dimensões: 84 cm x  50,5cm   

Edição: 190 exemplares assinados e numerados

Referência: RS0001 

P.V.P.: 275 €

RS0002.jpg

DISPONÍVEL:

 

Técnica: Serigrafia

Dimensões: 40 cm x 58 cm

Referência: RS002

P.V.P.: 350 €

DISPONÍVEL:

 

Técnica: Serigrafia Rehaussée

Dimensões: 37,5 cm x  54 cm  

Edição: 150 exemplares assinados e numerados

Referência: RS0003 

P.V.P.: 185 €

Rico Sequeira 2.jpg

DISPONÍVEL:

 

Técnica: Serigrafia Rehaussée

Dimensões: 37,5 cm x  54 cm  

Edição: 150 exemplares assinados e numerados

Referência: RS0004

P.V.P.: 185 €

Sobre Rico Sequeira

Rico Sequeira

1954: Nasce em Portugal e estuda no Luxemburgo e nos EUA. O convívio com outros artistas foi sempre uma constante, destacam-se os nomes de António Inverno, João Vieira, João Botelho e Malangatana.

1982: Começou a expor as suas obras em vários países entre os quais se destacam Portugal, Espanha, França, Alemanha, Suíça, Luxemburgo, Bélgica, Suécia, Canadá, Brasil e Argentina. Também expôs em Feiras e Salões Internacionais de Arte, como sejam a ARCO, a FAC, a Estampa ou a Grands et Jeunes.

Foi músico profissional mas acabou por se dedicar à pintura. “Retirou-se” para o Museu do Prado, em Madrid, onde passava os dias a desenhar as obras de Goya. Isso marcou-o para sempre no modo de olhar.

Coleciona, entre outras coisas, originais de banda desenhada que integram vários dos seus projetos como o de Tavira. Serve-se de originais de outros artistas.

O seu trabalho incide essencialmente sobre a pintura e o desenho, duas técnicas que frequentemente se confrontam embora algumas vezes se consigam conciliar, quando realmente se conseguem esbater e misturar, uma na outra, dentro da mesma obra.

O seu traço é gestualista e cria um efeito plástico de aleatoriedade, no entanto, é o resultado de uma súmula de gestos que já contém em si o pensado.

Usa frequentemente técnicas mistas com colagens. Estas são a ponte entre a pintura e a originalidade da banda desenhada.

2016: A sua mais recente exposição de pintura/escultura realizou-se no Museu Regional de Beja, “Porquê grande quando se pode fazer pequeno”.