#FanFacts | Sabia que o pai de Claude Monet não apoiava que o filho fosse pintor?


Claude Monet (Paris, 14 de novembro de 1840 — Giverny, 5 de dezembro de 1926) era um pintor de origem francesa e um dos mais célebres pintores da corrente impressionista, no século XIX.

Contudo, Monet poderia não ter vindo a tornar-se num dos mais célebres pintores impressionistas, pois o seu pai, Claude Auguste, preferia que o filho fosse vendedor da mercearia, que se constituía como principal negócio de família.

Quando Monet tinha cinco anos, a sua família mudou-se para Le Havre, na Normandia, e Claude Auguste desejava que o filho continuasse com o negócio da família, mas ele desejava pintar. Foi a sua tia, Marie-Jeanne Lecadre, quem o incentivou a seguir a carreira artística, pois ela também foi pintora.

Em 1862, Monet dececionou-se com o ensino da pintura académica na Universidade e acabou por ir estudar artes em Paris, onde conheceu Camille Pissarro e Gustave Courbet. Juntos, desenvolveram a técnica de pintar o efeito das luzes com rápidas pinceladas, o que mais tarde ficou conhecido como "impressionismo".

Caso a vontade do seu pai se tivesse concretizado, obras como "Les Meules" ou "La Cathédrale de Rouen" nunca teriam marcado uma época artística.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • Pinterest Clean

Fale connosco

(+351) 211 926 124

Rua Castilho, nº39
1250-068 Lisboa | Portugal

servicodeboutique@serigrafiaseafins.pt

© 2020 por Serigrafias & Afins.