David de Almeida

Coleção Sinais 
DISPONÍVEL: 

Técnica: Gravura sobre papel manual executada pelo autor

Coleção: 6 gravuras e uma caixa de David de Almeida

Dimensões de cada gravura: 17,5 cm x 12,5 cm 

Edição: 119 exemplares assinados e numerados

Referência: DA0004
P.V.P. de cada caixa: 492 €

Coleção memória dos seixos

Referência: DA0001

Referência: DA0002

Referência: DA0003

DISPONÍVEL: 

Técnica: Gravura sobre papel manual executada pelo autor

Coleção: Caixa com 3 gravuras e 5 poemas de Carlos Frias de Carvalho

Dimensões de cada gravura:  DA0001/0003 (18 cm x 33 cm) e DA0002( 24,5 cmx33cm)

Número de exemplares: 150 exemplares assinados e numerados).

Referência: -
P.V.P de cada caixa: 615 €

Outras obras

Referência: DA0004

Referência: DA0005

DISPONÍVEL: 

Técnica: Gravura sobre papel 

Dimensões: 27,5 cm x 13 cm 

Referência: DA0005
Preço Unitário (com IVA): 215 €

DISPONÍVEL: 

Técnica: Gravura sobre papel 

Dimensões: 27,5 cm x 13 cm 

Referência: DA0006
Preço Unitário (com IVA): 215 €

Sobre David de Almeida

1945: Nasce em São Pedro do Sul, onde mais tarde viria a frequentar o Curso de Gravador Litógrafo e a Sociedade Cooperativa de Gravadores, na Escola António Arroio. Estagiou nos Moinhos do Vale do Lagat em França, especializando-se na feitura manual do papel. Estudou Holografia na Goldsmiths University of London e estagiou com Stanley Hayter no Atelier 17 em Paris.

1970: Começa a expor individualmente e coletivamente, tendo participado em feiras de Arte como a Artexpo de Nova Iorque, Estampa e Arco de Madrid e a Frankfurt e em Bienais Internacionais em São Paulo, Ljubljana, Cracóvia, Paris e São Francisco.

Anos 70: A partir da década de 70 começa a receber vários prémios pelo seu trabalho em gravura, predominantemente tátil e visual, oriundo do mundo dos sentidos. David de Almeida iria tornar-se um dos mais destacados gravadores portugueses.

1977: Aos 32 anos recebe a Medalha de Ouro da Associação de Gravadores Espanhóis, em Madrid.

1980: Recebeu o Prémio Nacional de Gravura, em Portugal.

1982: Prémio de Gravura na Bienal de Vila Nova de Cerveira de 1982.

1986: Prémio de aquisição na III Exposição de Artes Plásticas da Fundação C. Gulbenkian.

1997: Foi feito Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.
 

1999: Prémio Nacional de Gravura – Museu de Gravura Espanhola Contemporânea, em Espanha.

2000: Menção Honrosa – Prémio Nacional de Grabado – Calcografia Nacional/Phillip Morris, em Madrid.

2004: Prémio Julio Prieto Nespereira - Medalha de Bronze, na VIII Bienal Internacional de Grabado Caixanova, Ourense.

2006: Prémio Internacional de Arte Gráfica Jesús Núñez, em Betanzos (Corunha).

2014: Ano do seu falecimento.

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • Pinterest Clean

Fale connosco

(+351) 211 926 124

Rua Castilho, nº39
1250-068 Lisboa | Portugal

servicodeboutique@serigrafiaseafins.pt

© 2021 por Serigrafias & Afins.